Talento de servidor do TRE do Pará rende indicação ao Prêmio Jabuti



Servidor do TRE Pará é indicado para Prêmio Jabuti, em 02.02.2021

Tendo como hobby a literatura, Samuel Marinho teve seu último livro, “Poemas de Última Geração”, indicado para a importante premiação em 2020

“A literatura representa uma forma de existir, de pensar e refletir sobre a vida. Fazer literatura me ajuda a me descobrir e a descobrir o outro e o mundo ao meu redor”, diz o servidor Samuel Marinho, que há 14 anos faz parte da equipe do Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). Ele, que escreve desde os 12 anos, teve uma surpresa em outubro de 2020: teve sua última publicação, Poemas de Última Geração, indicada ao Prêmio Jabuti de Literatura.

Veja o depoimento de Samuel Marinho.

A premiação é concedida pela Câmara Brasileira de Livro (CBL), sendo considerada o mais tradicional e importante prêmio literário do país em reconhecimento ao trabalho realizado por autores, editores, ilustradores gráficos e escritores que se destacaram durante o ano.

“Eu praticamente sou um estreante na carreira literária. Apesar de a literatura fazer parte da minha vida desde cedo, acabei tendo que deixar um pouco de lado por conta de outras escolhas que fiz. Tornei-me contador para fugir da poesia, que era uma fissura desde a infância, mas não adiantou muito. A poesia sempre esteve presente em minha vida na forma de poemas, leituras e música, por isso nunca consegui realmente escapar dessa paixão”, conta Samuel, que é formado em Ciências Contábeis.

Veja mais